Traição: o pavor dos relacionamentos

Matéria retirada do jornal Extra.


 

Mulheres são de Vênus, homens são de Marte, mas, em uma coisa, muita gente concorda: quando o assunto é relacionamento sério, o que ambos os sexos mais temem é ser traído pelo parceiro. A constatação é de uma pesquisa realizada pelo site de encontros e namoro ParPerfeito, com 5.200 usuários brasileiros.

— Ser enganado é o maior medo que se tem em relação a quem se ama. Não é só questão de fidelidade, mas de lealdade — diz a psicóloga e terapeuta sexual Luciane Secco.

Então, por que as pessoas traem, se não gostariam de ser traídas? De acordo com a especialista, a resposta está relacionada à personalidade.

— Há pessoas que têm tendência à traição. Fazem isso por estilo de vida, em momentos de fragilidade, quando não se sentem mais amadas. Justificam com qualquer motivo. Mas quem tem uma ética maior com o outro ou consigo mesmo vai passar por situações semelhantes e não vai trair por escolha — diz. — O problema (da infidelidade) não é só o mal que acomete o parceiro. A traição mais cruel é contra a própria pessoa. Se ela segue numa relação na qual não está convicta de estar, está enganando a si mesma.

Para o terapeuta sexual Arnaldo Risman, o temor de ser traído só ocorre em quem já “pula a cerca” ou considera a possibilidade de ter um caso fora do relacionamento.

Sinais podem prever ‘pulada de cerca’

O ginecologista e sexólogo Amaury Mendes Júnior concorda com Risman. Para ele, “a pessoa tem medo de o parceiro fazer o que ela faz”. Em outros casos, o pavor da traição reflete ciúme excessivo.

— Não se pode confundir amor com posse. Quem vive com o ciumento precisa provar o que não fez, e ninguém aguenta isso. Quanto mais liberdade se dá ao outro, mas se abre a possibilidade de fortalecer a parceria — avalia o médico, salientando que é possível notar indícios de uma traição. — Quem cuida um do outro sabe (quando vai acontecer). Há quem fique (na relação) por ser conveniente, mas se existir vínculo amoroso verdadeiro, a separação é certa, porque a situação é insuportável.

Apesar de o comportamento infiel ter origem na personalidade, isso não significa que quem pulou a cerca uma vez nunca mais será confiável. Segundo Luciane Secco, em alguns casos, o traidor pode tirar um aprendizado do que fez, pelo medo de perder quem realmente ama, e se corrigir

Anúncios

5 comentários em “Traição: o pavor dos relacionamentos

  1. Gosto muito de suas abordagens, leio todas! Perdoe por nem sempre comentar.
    Sobre esse em particular, é realmente complicado. Traição demonstra ausência de caráter. Obviamente todos merecem uma segunda chance e alguns até, de fato, aprendem com o erro. Todavia para quem perdoa, é muito complicado voltar a confiar. Nunca estive nessa situação, não sei como iria proceder. Parabéns pelo texto! Abraços 🙂

    1. Obrigada pelo elogio e fico muito feliz que você gosta dos meus “desvaneios” rsrsrs. Esse texto em particular, retirei de uma matéria de jornal, do Extra. Achei bem embasado! Também nunca passei por isso ( se passei, nunca descobri rsrsrs) então não faço a menor idéia de como uma pessoa consegue lidar com isso e perdoar, se for o caso. Eu creio que, eu não perdoaria. Não acho que traição seja um ato passageiro e sim um desvio de personalidade mesmo, da pessoa…
      Beijos!

  2. Adorei este seu texto. Realmente acho que será difícil confiar no outro novamente, algo se quebra para sempre. Segunda chance você dará se valer a pena e se a relação foi muito boa. Mas resgatar o que tinham antes, nunca mais. Tudo muda, nós mudamos e passamos a refletir sobre nós e o outro como nunca foi feito antes. Amadurecemos muito. As vezes o melhor é fechar este livro em vez de virar a pagina… O melhor de tudo é que nasce uma nova mulher forte e independente que sabe bem o que quer. Abs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s