Quando sobra apego e falta entendimento

Somos extremamente imediatistas. Queremos tudo, aqui e agora e do jeito que desejamos. Mas quando o assunto é relacionamento, normalmente não é assim, afinal, ninguém se relaciona sozinho: há uma outra parte completamente incontrolável, o outro.

Acreditamos que para uma relação ser perfeita ela tem que ser contínua e duradoura, sem brigas, sem tempos ou intervalos. Mas confesso que cada dia conheço mais e mais exemplo de casais que não seguiram a risca essa estratégia e hoje vivem melhor do que no primeiro “mandato”.

Acredito que o sentimento quando é forte o bastante consegue sobreviver aos anos, mesmo sem se ver ou manter contato. Recentemente soube de um casal que se reencontrou após 40 anos e aquele sentimento bom, adormecido há tanto tempo, veio à tona novamente. Outro dia, um casal de amigos em comum, que namorou muito tempo (inclusive tiveram uma filha juntos), passaram alguns anos separados, um dele até chegou a ficar noivo de outra pessoa, mas viram que aquilo não fazia sentido. Voltaram, casaram e hoje vivem bem, sem rancores ou amarguras.

Muitas vezes o nosso coração está pleno e preparado, mas a nossa mente não. Sobra amor, mas falta entendimento. Às vezes por falta de maturidade, outras por falta de tempo e às vezes até por não querer viver aquele nível de compromisso naquela fase da vida.

Não digo que todas as relações são assim. Muito pelo contrário, há muitas relações que são apenas fases de aprendizagem em nossa vida e que precisam realmente serem encerradas para que algo de valoroso realmente aconteça. Me refiro aqui aquelas relações em que, mesmo quando as partes se separam o respeito continua, as boas lembranças permanecessem e que sem motivos aparente não deram certo naquele momento. Nessas relações, o distanciamento se faz mais que necessário e vital para que as idéias e os sentimentos possam respirar melhor, cada um possa melhor se conhecer e assim perceber se realmente vale a pena tentar e investir novamente. Afinal, é possível encontrar pessoas maravilhosas em qualquer esquina da vida, mas um amor de fato já é mais complicado….

Música inspiração:

Anúncios

4 comentários em “Quando sobra apego e falta entendimento

  1. Belo texto “garotinha”! Muitas verdades e muitas omissões…
    Tenho inúmeras histórias pra relatar sobre o seu tema, mas vou preferir curtir o seu ponto de vista. Risos.
    Nos meus relacionamentos ocorreram o oposto do seu título: Muito entendimento e pouco apego! Risos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s