Dezembro: o momento de jogar para o universo

Dezembro é o mês do nosso balanço interior. Pensar no que foi bom, no que poderia ter sido melhor, no que temos que nos aprimorar e no que temos que abrir mão. Gosto desse momento de reflexão e do sentimento de renovação que estar por vir. Seja com relação a nossa vida amorosa, familiar ou profissional, há momentos que temos que reconhecer que determinado projeto fracassou e ponto. Não há nada a ser feito, além de abrir mão dele.

Falo por experiência própria. Há cinco anos vinha me dedicando a um projeto profissional em que estava aplicando todas as minhas horas de lazer a ele. Não tinha final de semana, não tinha feriado, nem aquela horinha livre de almoço. Todo tempo livre era dedicado a ele. Mas dia desses cheguei ao meu limite e simplesmente joguei para o universo. Não é que eu não o queira mais mas simplesmente percebi que a sua valorização já não fazia mais sentido, diante de tudo o que eu estava abrindo mão hoje para o que eu ganharia amanhã. Algumas pessoas estão me chamando de louca, dizendo que agora que estou mais perto do que nunca, não era a hora de jogar pro alto. Engraçado que, grande partes dessas pessoas me condenavam por eu querer tanto essa meta, agora elas me chamam de louca por não querer mais. Mas eu não estou nem ai para ela, rsrs.

Não se trata de desistir ou de fracassar. Mas sim de rever prioridades e pesar sacrifícios. Mesmo que ele hoje, em um passe de mágica, se concretizasse, ele não me traria os bônus e a felicidade que eu tanto almejei, como há 05 anos atrás. Simplesmente cansei. Assim, joguei tudo para as mãos do universo e verei o que ele me reserva. Cansei de planejar, agora quero ser surpreendida!

E caso estejam se perguntando se eu estou me sentindo perdida e com um vazio?! Não! Estou me sentido ótima, para falar a verdade. Agora tenho tempo de ler qualquer coisa ( e não apenas leitura técnica), posso passar o final de semana todo me divertindo, sem peso na consciência, posso apenas não fazer absolutamente nada, e mesmo assim estou feliz.

Acho que essa é a mágica que se faz presente sobre Dezembro. A mágica de podermos colocar um ponto final em um ano inteirinho e começar uma nova vida, em 31 dias. E o melhor de tudo: ninguém tem nada a ver com isso. Por isso faça seu balanço, reveja suas metas e foque no que realmente é importante hoje e não em um futuro que você nem sabe se chegará.

Anúncios

7 comentários em “Dezembro: o momento de jogar para o universo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s