Mudando o paisagismo: a prospecção de novas plantinhas

Certa vez, liguei toda animada para um grande amigo para dizer que finalmente tinha criado coragem para cortar o cabelo bem curtinho (era um grande passo de vida, no auge dos meus 13 anos). Esse amigo, sem demonstrar empolgação alguma com meu novo projeto, apenas disse: “Só muda quem está em crise”. Aquilo caiu como uma água fria no meu dia, mas ao mesmo tempo aquela frase criou raízes no meu consciente e nunca mais saiu. Sempre que me dá uns surtos de querer mudar imediatamente alguma coisa no visual essa bendita frase vem em minha mente… E com o passar dos anos, vejo que dentre várias frases de efeito que já ouvi, essa é uma das mais verdadeiras.

Mulher tem muito disso. Quando terminar um namoro (casamento, rolo ou qualquer coisa relacionada) tende a querer mudar o visual naquele momento: “adeus” madeixas castanhas, rendinha na unha e calça jeans…. “oiiii” para as novas luzes, esmaltes carmim e tops de paetês. Após a transformação total, é hora de ligar pras amigas, para ir para as balada e começar a  prospecção de novas plantinhas para o jardim. Como há muitas ofertas no mercado, e a nova mulher ainda em fase de adaptação, tente a prospectar plantinhas demais, sem muito foco, e quando vê já está com várias mudinhas, mas nenhuma que de fato dê frutos. Ou ao contrário, o pomar está cheio demais, porém tudo o que a menina gostaria era de uma boa sombra para os momentos de relax e gozo.

E agora, o que fazer?! Como escolher a planta certa para o momento certo?!

O primeiro passo para uma divulgação eficaz de uma nova campanha publicitária é a definição de quem se deseja atingir, ou seja, quem será o seu público-alvo, aquele que você deseja fortemente que compre o seu produto, idéia ou serviço. A coleta começa com itens básicos como  sexo, idade, renda, localização geográfica, estado civil até interesses e hábitos de consumo, para assim poder se fazer uma abordagem mais eficaz, que realmente vá atingir quem você deseja. Por exemplo, se o Governo Federal deseja fazer uma campanha de vacinação infantil, certamente ele não veiculará um anúncio no intervalo da final do campeonato brasileiro de futebol… Muito menos irá distribuir cartilhas informativas na porta de uma casa noturna.

O mesmo principio se aplica à prospecção de novas plantinhas. Se a garota deseja achar um cara todo certinho, com um perfil mais conservador, que queira um relacionamento sério, certamente ela não chamará a atenção dele usando um micro-vestido rosa a la Geisa Arruda e muito menos esse encontro será num churrasco de universidade. Já se ela deseja apenas expandir o seu jardim, dar uma renovada na paisagem, também não é aconselhável sair com o irmão da sua melhor amiga que sempre emenda um namoro longo no outro. Como tudo na vida, deve-se ter foco.

Foca em saber o que se deseja (pelo menos pelas próximas 24horas), para ai sim, fazer uma pesquisa de mercado (seja apenas qualitativa ou quantitativa) para conseguir identificar características marcantes do público-alvo, para definir a forma com que irá prospectar e captar a tão sonhada/desejada plantinha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s